O ator Nicolas Cage no programa Jimmy Kimmel Live!. Foto: Jimmy Kimmel Live

Durante sua participação no “Jimmy Kimmel Live!”, no dia 20 de abril, Nicolas Cage revelou que uma vez tentou construir um estúdio de cinema em Las Vegas e até conseguiu US$80 milhões para fazê-lo. Mas Elon Musk chegou para “atrapalhar” o projeto do ganhador do Oscar de melhor ator pelo filme “Honeymoon in Vegas”. Cage, inclusive, foi protagonista de outro grande sucesso de bilheteria, o filme “Leaving Las Vegas”, e mora na cidade já há alguns anos depois que se mudou de Los Angeles onde morou por anos em uma mansão em Hollywood Hills.

A cidade de Las Vegas optou por investir o dinheiro na corporação Tesla – de Ellon Musk – na época. Cage disse que Vegas tem sido o lugar bom para ele. “É uma cidade pequena e grande ao mesmo tempo. Se você quiser ir para a Strip e participar da badalação, pode ir com rápido acesso. Caso queira ficar mais à vontade entre “os locais” também tem muita opção e restaurantes legais”, complementou.

Ele confirmou que originalmente se mudou para Las Vegas por razões fiscais, mas depois aprendeu a amar o lugar. E ainda acrescentou: “Tive ótimas experiências fazendo filmes lá. ‘Leaving Las Vegas’ foi ótimo. ‘Honeymoon in Vegas’ nem se fala. Eu tenho uma boa relação com a cidade, sem dúvida. Tentei construir um estúdio de cinema lá e então Elon Musk chegou e complicou para mim. Cheguei a levantar US$80 milhões para o projeto do estúdio de cinema, mas a cidade colocou em prioridade na corporação Tesla, que ironicamente drenou toda a água da cidade. Mas quase consegui, quase consegui um estúdio de cinema”, disse ele em sua participação do programa de rede nacional pela ABC.

Em 2022, o ator voltou a aparecer em Hollywood com a comédia de ação  “The Unbearable Weight of Massive Talent”, na qual ele interpreta uma versão de si mesmo em uma produção que tem o Lionsgate studios por trás. O crítico de cinema da Variety, Owen Gleiberma, chamou o filme de “uma meditação espirituosa” sobre o legado de Cage como ator, acrescentando “é uma comédia comercial em que você se diverte, inclusive celebrando tudo o que o torna Nicolas Cage – e, no final, realmente se tornando um filme de Nicolas Cage, que acaba sendo uma coisa brega e uma coisa especial.”

Facebook Comments