Por Laís Oliveira
A aguardada cinebiografia de Madonna parece ter encontrado sua protagonista. Julia Garner, famosa pelas séries Ozark e Inventando Anna, teria recebido uma proposta da Universal para estrelar o filme biográfico da rainha do pop.

De acordo com a revista Variety, que lançou a notícia em primeira mão, a atriz teria vencido a disputa com nomes como Florence Pugh, Emma Laird e Sky Ferreira. Ao que tudo indica, a equipe de Garner já está analisando a proposta e deve confirmar o papel em breve.

Julia Garner é uma jovem atriz e modelo de 28 anos que começou sua carreira nas telonas em 2012 quando foi convidada para interpretar um pequeno papel no filme Not Fade Away. Seu primeiro papel principal veio no mesmo ano, mas dessa vez no filme A Fita Azul. Em 2013, ela estrelou o filme de terror O Último Exorcismo: Parte II, e desempenhou o papel principal no remake americano do filme de terror mexicano Somos o Que Somos.

Além disso, Garner co-estrelou Sin City: A Dama Fatal (2014) e em 2015 teve um papel na terceira temporada de The Americans (2013). Ela continuou o papel de forma recorrente nas temporadas 4 a 6. Em 2017, ela começou a estrelar a série Netflix Ozark (2017) como Ruth Langmore, alcançando grande reconhecimento. Em 2019 Julia foi protagonista do longa A Assistente (2019) e atualmente estrela da minissérie escrita por Shonda Rhimes para a Netflix, Inventando Anna (2022) – que já é um sucesso de público no streaming.

O processo para escolher quem vai interpretar a cantora Madonna no cinema foi longo. Durante meses, dezenas de atrizes se candidataram ao papel, que exigirá boa atuação e um toque de aptidão musical de sua protagonista pois será preciso emular o talento da diva Pop na telona.

Não resta dúvidas de que a história de vida de Madonna seja digna de virar filme. Em 42 anos de carreira, ela superou uma vida pobre em Nova York para se tornar a Rainha do Pop, reinventando sua própria carreira por diversas vezes e vendendo quase 350 milhões de discos no mundo inteiro.

Madonna, além de co-roteirista do longa ao lado de Cressida Wilson – vencedora do Independent Spirit Award por seu trabalho no filme Secretary – é também diretora da cinebiografia. Durante uma entrevista no programa Tonight Show with Jimmy Fallon, a cantora explicou como surgiu a ideia de produzir sua cinebiografia e estar à frente de todo o processo: “Várias pessoas tentaram escrever filmes sobre mim, mas eles são sempre homens”. O filme ainda não tem título e nem data de lançamento.

Facebook Comments