Image California San Francisco South Market

South Market em São Francisco

O South Market, um distrito emblemático no coração de San Francisco, cativa seus visitantes com uma rica herança histórica, animada vida noturna e uma fusão irresistível de lofts e condomínios luxuosos que adornam seus arranha-céus.

Uma nova pesquisa divulgada em janeiro de 2024 revelou que esta localização é um dos bairros mais exclusivos dos Estados Unidos. A característica foi apontada na recente análise do portal online imobiliário Homes.com.

O valor por “pé quadrado” – que equivale a 0,092 metros quadrados – em South Market, carinhosamente conhecido como SoMa, atinge a marca impressionante de $5.415. Esse montante representa uma discrepância de cerca de 2.000% em relação à média nacional, situada em $244.

Curiosamente, os três bairros mais dispendiosos do país estão estrategicamente localizados na ensolarada Califórnia, que ainda figura com mais dois na lista, totalizando cinco. O estado da Florida, no entanto, emplaca mais bairros, com seis ocorrências. Nova York, por sua vez, também aparece com frequência e tem três no top 15. .

Confira a LISTA dos TOP 15 bairros mais caros dos Estados Unidos, classificados pelo preço por pé quadrado:

  1. South of Market, San Francisco (CA): $5.415
  2. Northwest Auburn (CA): $4.416
  3. Old Town Carpinteria (CA): $4.129
  4. Downtown Bellevue, Washington: $3.619
  5. Port Royal, Naples (FL): $3.375
  6. Aqualane Shores, Naples (FL): $3.132
  7. Stinson Beach (CA): $2.988
  8. Palm & Hibiscus Islands, Miami Beach (FL): $2.861
  9. Crystal Cove, Newport Beach (CA): $2.771
  10. Casa del Lago, Palm Beach (FL): $2.754
  11. West Village, New York City (NY): $2.680

    Image California Oldtown Carpinteria Foto Trip Advisor 1

    Old Town em Carpinteria

  12. Metropolitan Hill, New York City (NY): $2.537
  13. Fisher Island, Miami (FL): $2.511
  14. Hudson Square, New York City (NY): $2.401
  15. Jupiter Island, Florida: $2.394

Não é surpreendente que um bairro do próximo do centro de San Francisco ocupe a primeira posição, dada a reputação da cidade por ter alguns dos preços imobiliários mais elevados do país. Essa tendência é principalmente atribuída à escassez de terrenos disponíveis e à presença significativa de profissionais altamente remunerados, em particular no nicho de tecnologia, fatores que impulsionam os preços das residências. De acordo com dados da Homes.com, o preço médio de uma casa em San Francisco é de US$1.180.000.

A aproximadamente 120 milhas de distância, encontramos Northwest Auburn, Califórnia, classificado como o segundo bairro mais caro dos Estados Unidos, com um custo de US$4.416 por pé quadrado. Localizada nas colinas da Sierra Nevada, Auburn é uma cidade historicamente associada à Corrida do Ouro, e sua proximidade a capital Sacramento a torna um local desejável, especialmente para os amantes de atividades ao ar livre, como caminhadas ou caiaque.

Image California Northwest Auburn Foto Home.com

Auburn está ao norte, a 120 milhas de São Francisco

Em terceiro lugar no ranking está o bairro Old Town, situado na cidade costeira de Carpinteria, Califórnia, com um custo por pé quadrado de US$4.129. Rodeada por montanhas, Carpinteria enfrenta limitações de espaço, o que contribui para a manutenção dos preços das residências em níveis elevados. Conforme indicado pela Homes.com, o custo médio das casas no distrito histórico de Old Town é de US$905.500.

Em contraste, o bairro Homewood North, em Pittsburgh, ocupa a última posição entre os 20.000 bairros analisados no estudo, com casas custando US$29 por pé quadrado. Esta área, economicamente deprimida, enfrenta um declínio populacional significativo.

Vale lembrar que bairros com menos de 10 vendas nos últimos 12 meses (até dezembro de 2023) foram excluídos dessa análise. Sendo cinco estados os excluídos devido à escassez de dados: Montana, Dakota do Sul, Wyoming, Dakota do Norte e Virgínia. Assim, podemos dizer que a análise fornece uma visão intrigante das disparidades nos custos de moradia nos Estados Unidos, destacando as realidades econômicas desafiadoras que algumas comunidades enfrentam.

Facebook Comments