Muitos residentes, sejam eles americanos e até brasileiros, tentam se mudar para estados diferentes após viverem alguns anos no país. Esse fenômeno acontece por várias razoes, seja a busca de uma vida melhor, o clima, pela facilidade de compra de um imóvel, para criar os filhos e até para escapar de pagar muitos impostos e poder economizar mais. E aqui nesse artigo, nosso objetivo é mostrar em quais estados americanos os impostos são mais altos e em quais são mais baixos, dessa forma você ficará bem informado quando tomar a decisão de se mudar.

Claro, antes de decidir é preciso analisar diversos fatores. Dentre eles estão a região, o clima e a distância em relação à família. Mas se você for aquela pessoa que está em busca poupar o máximo de sua renda, adicione o fator “impostos” à lista antes de se mudar, pois o seu estado pode ter um efeito importante sobre sua carga tributária. Confira 9 estados entre os mais caros e mais baratos no quesito impostos.

Para viver pagando menos impostos:

Flórida

Com inúmeras praias, beleza natural, clima parecido com o do Brasil e, principalmente, sendo o estado americano mais próximo ao país do samba, a Flórida não poderia deixar de ser muito popular entre brasileiros. O estado também atrai muitos aposentados americanos já que o os residentes não pagam “estate tax” ou “income tax”, o que siginifica que os aposentados que recebem o benefício do seguro social não sofrem deduções de impostos. Além disso, o estado oferece uma generosa isenção de propriedade familiar para compensar os impostos sobre a propriedade para idosos qualificados. A maior fatia dos impostos arrecadados no estado vem dos impostos sobre venda  de produtos/serviços – que varia de condado para condado entre 6% e 8.5%.

Nevada

Nos últimos anos, o estado tem recebido, em particular, muitos brasileiros que residiam na Califórnia, em cidades como Los Angeles e São Francisco, onde o custo de vida é altíssimo. Os residentes desse estado, mais conhecido por Las Vegas, não pagam impostos acarretados do “income tax” federal e estadual. O estado foca e colhe dinheiro por meio de impostos sobre vendas de produtos/serviços, de propriedade e herança e, principalmente, da indústria dos jogos – cassinos. Para os ricos que planejam passar seus bens para frente, o estado é bastante generoso nas leis de preservação de ativos.

New Hampshire 

O estado vizinho de Massachusetts atrai também muitos aposentados americanos que procuram aproveitar ao máximo o melhor das quatro estações nos Estados Unidos. New Hempshire apenas tributa a renda de dividendos e juros. Além disso, oferece isenção de US$1.200 para residentes com 65 anos ou mais. É também um dos poucos estados que não cobra imposto sobre vendas e tem uma das taxas de criminalidade mais baixas do país.

Pensilvânia

O vizinho de New Jersey fica localizado perto de Nova York e não tributa os benefícios do Seguro Social e a maior parte da renda de pensões. E o custo de vida, em comparação a New Jersey e New York, é bem mais barato. No entanto, o “Keystone State” geralmente cobra um imposto de herança estadual sobre ativos passados ​​para herdeiros que não sejam o cônjuge.

Texas

Caso esteja interessado em cidades bem estruturadas como Houston, Dallas e Austin, o Texas tem muito a oferecer. Mas tem muita gente que não gosta porque é um local super úmido. Os aposentados gostam de viver no estado porque não existe imposto sobre renda, federal e estadual. No entanto, o estado tem impostos sobre a propriedade relativamente altos e confusos que chegam a 1.83%.

Para viver pagando mais impostos:

New Jersey

Conhecido como o “Garden State”, New Jersey está coladinho com o estado de Nova York e tem uma das maiores comunidades de brasileiros nos EUA. Muitos brasileiros que trabalham na Big Apple residem na cidade de Newark e subúrbios onde em poucos minutos de metrô ou carro, podem atravessar o rio Hudson e chegar em Manhattan (NYC). Apenar de ser mais barato que Nova York, o imposto de renda cobrado no estado é progressivo a partir de 6,625% – os municípios podem aumentá-lo até aproximadamente 9,935%. O estado recentemente eliminou seu “estate taxes”, mas cobra um dos mais caros impostos sobre propriedade do país.

Nova York

O Empire State ostenta a cidade de Nova York – a capital das artes e dos negócios da América, ao mesmo tempo que faz fronteira com dois estados dos Grandes Lagos. Os residentes do estado pagam um imposto de renda progressivo que começa nos 4$ e vai até 8,82%, o imposto de renda do estado (state tax) pode chegar a 16%! E o imposto sobre vendas de produtos/serviços vai de 4% a 8.875% – dependendo do condado. E isso não é tudo: os nova-iorquinos também pagam impostos sobre  propriedade de 1,65%.

Califórnia

Há várias razões para viver no estado dourado: beleza natural, praias, surf, clima, cidades cosmopolita, Hollywood, etc. Contudo esses benefícios têm um preço! A Califa cobra um imposto de renda progressivo que pode chegar a 13,3%!  Cobra imposto sobre vendas de serviços e produtos a partir de 7,25% e tem um imposto sobre sobre propriedade de 0.77%.

Havaí

Clima tropical e praias deslumbrantes fazem do estado do “Aloha” um paraíso americano! No entanto, o preço é alto. Está junto com Nova York e Califórnia no top 3 dos estados mais caros para se viver nos Estados Unidos e isso, em parte, devido ao turismo relacionado aos negócios. Tem um imposto de renda federal que pode chegar a 11% e estadual até 20%!

No entanto, comparado a NY e CA, fica barato no quesito impostos sobre vendas de produtos/serviços já que no máximo cobra 4.5%. Os maiores impostos do estado vêm de serviços no turismo – o imposto cobrado por uma noite em um hotel pode aumentar a sua diária em 10.25%.

Facebook Comments