Por Lindenberg Junior

Foto/Crédito: Associate Press

A reta final da competição pelo título do basquete universitário dos Estados Unidos da temporada 2020/2021, NCAA National Championship, tem apresentado muitas surpresas. Os playoffs – ou como os americanos chamam “March Madness” – começaram nos dias 9 e 20 de março com o “First Round NCAA Appearence” sendo disputado em jogos eliminatórios simples (mata-mata, diferentemente da NBA) até chegar à final, na segunda-feira, dia 5 de abril de 2021. Esse artigo, em particular, entrou em nossa pauta por dois motivos: A) essas surpresas somadas a algumas curiosidades, e B) pela entrada de dois times de Los Angeles entre os top 8, em especial o UCLA, que tenta o título nacional que conquistou pela última vez em 1995.

Entre os times que chegaram ao top 8 nessa temporada, além do UCLA e do USC de Los Angeles, estão o Oregon State, Baylor, Arkansas, Houston, Gonzaga e Michigan. Na segunda-feira (29), os dois favoritos passaram, ou seja, Houston eliminou o Oregon State e Baylon deixou para trás Arkansas avançando para os jogos do top 4. E nessa terça-feira (30), veremos se o USC  pode passar pelo super favorito Gonzaga (4.15pm PST) e o UCLA consegue o mesmo jogando com o também favorito Michigam (6.57pm PST). Os jogos de hoje serão transmitidos pela rede TBS.

Será uma difícil tarefa para o USC já que Gonzaga, nessa temporada, tem um recorde de 29X0 e, se for campeão, Gonzaga da NCAA será o primeiro campeão nacional invicto desde 1976 – quando o Indiana Hoosiers conseguiu a façanha. Pelo outro lado, os “Bruins” como é conhecido o time de basquete do UCLA, são os maiores vencedores da NCAA com um total de 11 títulos, mas buscam chegar ao FINAL 4 desde que avançaram em 2008 e conquistaram seu último título nacional em 1995. Os Buins já produziram grandes jogadores para NBA, entre eles lendas como Kareem Abdul-Jabbar e Reggie Miller. Os “Trojan’s”, do USC, nunca ganharam um título nacional do NCAA, mas chegaram ao FINAL 4 em 1940 e 1954. Entre alguns dos Bruins que foram destaque da NBA nos últimos anos citamos Nicola Vucevik e Dewayne Dedmon.

Nessa temporada, entre os oito treinadores que chegaram ao ELITE 8, seis nunca chegaram ao FINAL 4 em suas vidas – apenas Mark Few, do Gonzaga, e Kelvin Sampson, do Houston. Também é relevante dizer que entre esses oito times que entraram no ELITE 8, todos estão há muitos anos sem chegar ao FINAL 4.

Foto/Crédito: Associate Press

Baylor chegou em 1950, USC em 1954, Oregon State em 1963, Houston em 1984, e Arkansas em 1995. E somente Michigan, UCLA e Gonzaga tiveram esse “gostinho” nos últimos 25 anos e nenhum deles ganhou o título nacional. De todas as equipes responsáveis ​​pelos últimos 24 campeonatos nacionais do NCAA, nenhum campeão nacional do século 21 está de pé e chegaram esse ano ao ELITE 8.

Mas sem dúvida alguma, muitos californianos torcem por um 12º título nacional dos Bruins pelo fato da UCLA ser uma referência no basquete universitário do estado dourado. De 2010 a 2019 foi a primeira vez em 60 anos que os Bruins passaram uma década completa sem chegar ao FINAL 4. Por outro lado, muitos californianos, não somente de de L.A,  também tendem a torcer pelos Trojans e um título inédito da NCAA. Certeza mesmo é que milhões de jovens de idade universitária estarão ligados nesses jogos de hoje e na reta final “NCAA March Madness”, e que Los Angeles, hoje (30), será palco de festas e celebrações – Bruins ou Trojans perdendo ou ganhando.

Facebook Comments