Foto: Tyler Baker

Entre os dias 21 e 23 de junho, aconteceu, em Los Angeles, o 3º International Samba Congress que atraiu vários amantes  do samba na Califórnia assim como de outras partes dos EUA. O evento reuniu diversos profissionais da dança e dos ritmos brasileiros que residem nos EUA e, ainda, contou com a presença de convidados especiais vindos diretamente do Brasil.

Mais de 40 instrutores dos mais variados estilos de dança, como maracatu, maculelê, samba etc, participaram do intercâmbio cultural e ofereceram workshops, palestras, aulas de dança, percussão, apresentações, performances e muito mais aos convidados presentes durante os três dias de evento.

Como já acontecia nos anos anteriores do International Samba Congress, a competição de Malandra, este ano em homenagem à Adriana Lima, movimentou o evento juntamente com o lançamento da competição em grupos em homenagem ao mestre Carlinhos Pandeiro de Ouro. Esse ano, como prêmio, a Copa Airlines ofereceu duas passagens de ida e volta (LAX-Rio) para a campeã da competição Adriana Lima e a competição de grupo.

Ao longo desses três anos de existência, o International Samba Congress se tornou um evento de grande importância para a cultura brasileira nos EUA. A missão do congresso é inspirar, empoderar e dar suporte a grupos culturais compostos por artistas brasileiros e não-brasileiros que se dedicam ao samba e à cultura brasileira, promovendo senso de pertencimento, identidade e expressão artística.

Confira a lista completa de instrutores do evento deste ano:

Aninha Malandro (centro), fundadora do evento, e algumas das instrutoras e convidadas

Ana Malandro – cresceu no berço do Samba: Estação Primeira de Mangueira. Fundadora do grupo Malandro N’ Motion, a residente de Los Angeles e carioca fez um excelente trabalho como organizadora do L.A Samba Congress e deixou os amantes do samba que participaram do evento muito felizes. 

Eric Celestino e Cláudia Simas – Casal de dançarinos, coreógrafos e que foram instrutores do evento com o objetivo de popularizar a cultura brasileira com carisma e dedicação a todos os convidados.

Irineu Nogueira – é um artista brasileiro e especialista em movimento que vive entre Londres e Munique. Com foco em samba e danças afro-brasileiras, ele passou um pouco de toda sua experiência cultural aos participantes do evento.

Marcelo Chocolate – especialista em samba e um dos dançarinos profissionais mais respeitados do Brasil. Ministrou aulas de Gafieira, um tipo romântico de samba.

Matheus Oliverio – Passista da Mangueira que recebeu diversos prêmios. Seus interesses e atividades também incluem conhecimentos práticos de Capoeira e Jongo. Ofereceu workshops sobre “Mestre Sala” e Samba.

Patrick Carvalho – desenvolveu seu próprio estilo de coreografia organizando a Comissão de Frente para os desfiles da Escola de Samba no Rio. Ministrou aulas de dança no evento.

Preta Nascimento – dançarina de samba e dança de salão que desfilou pelas principais escolas de samba do Brasil. Ministrou aulas de dança no evento.

Raquel Bastazin, radicada em Montreal,  falou sobre empoderamento feminino através do samba e do funk

Raquel Bastazin – fundadora, diretora artística e diretora da Levanta Poeira, uma academia de dança em Montreal, Canadá. É experiente em samba, maracatu, afro-brasileira, coco, passinho, entre outros na cena de Montreal, além de dedicar seu tempo à causa feminina, falando de empoderamento e igualdade.

Rodrigo Marques – Dança profissionalmente há mais de 20 anos. Atua como dançarino, coreógrafo e também diretor de palco. Ministrou aulas de Gafieira e Samba no Pé no evento.

Rosangela Silvestre – Natural da Bahia, ela é coreógrafa, instrutora, dançarina, criadora da Técnica de Dança Silvestre e bacharel em Dança. Ministrou aulas de samba no evento.

Sheila Aquino – uma das mulheres mais respeitadas e admiradas do mundo do samba. Coreógrafa, professora, dançarina e performer, ela levou sua experiência e conhecimentos pro evento deste ano.

Tainah Damasceno – dançarina e instrutora brasileira-americana que vive na Califórnia. Ela ensina Danças folclóricas do nordeste brasileiro em toda a área da baía, bem como “samba no pé” e vários estilos de rua.

Marcio Peeter – Músico, instrutor de percussão e diretor vindo da Bahia que vive atualmente em Nova Orleans. Ele ensina e celebra as raízes do samba por onde passa.

Jorge Alabê – mestre percussionista e professor brasileiro do Rio de Janeiro que vive atualmente em São Francisco. Baterista e percussionista de samba, levou instruções e experiência aos convidados do evento.

Dandha da Hora e Mariana Ibrahin

Dandha da Hora – Dançarina, cantora e percussionista nascida na Bahia. Ela tem paixão por compartilhar a cultura afro-brasileira e levou uma mensagem de esperança, amor, igualdade e liberdade ao evento.

Nicolea Cremosa Pettis – Cantora, atriz e dançarina com experiência em ballet, hip hop, estilos de dança africana e contemporânea, mas que se apaixonou pelo Samba. Ministrou aulas de dança no evento.

Maínha d’Oxum – Oriunda do Candomblé, ela participou de conferências, palestras e aulas em universidades e estúdios de várias cidades dos EUA e do Brasil. Ministrou palestras no evento.

Thaian Marques e Fernanda Cavalcante – Dois jovens bailarinos do Rio de Janeiro que amam gafieira e samba. Ministraram aulas de dança no evento.

Karla Moreno – Atriz e dançarina profissional brasileira, ela domina inúmeros estilos de dança como balé, Jazz, dança Moderna e Contemporânea, além de samba e funk brasileiros. Ministrou aulas de dança.

Marcela Rabelo – bailarina e performer das danças populares e tradicionais de Pernambuco, local onde nasceu. Instrutora de ritmos pernambucanos como Maracatu, Frevo, Caboclinhos e muito mais.

Jongo da Serrinha – organização cultural e comunitária de 50 anos, liderada pela dançarina Tia Maria, de 94 anos, na favela de Serrinha. Tia Maria ministrou palestras no evento.

Danielle Lima – dançarina profissional, professora e coreógrafa nascida e criada no Rio de Janeiro. Ministrou aulas com seu estilo único de samba no pé inspirado em alguns dos maiores Passistas da Beija-Flor.

Aílton Nunes – Mestre de Bateria nascido no Rio de Janeiro. Professor e baterista que ministrou aulas cheias de entusiasmo e paciência no evento.

Pitoco de Aira, direto de Recife para Los Angeles, e Marcela
Rabelo

Pitoco de Aira – Reconhecido percussionista, compositor e instrutor, nascido no berço do Maracatu, no Alto José do Pinho em Recife. Aplicou sua fluência em ritmos afro-brasileiros originários do nordeste brasileiro no evento.

Angelique Marquand Starks – Diretora, sambista e capoeirista que conduz aulas de samba em Phoenix. Ela é fundadora do USA National Samba Queen and King e ministrou aulas no evento.

Kellyn Rosa – Intérprete, instrutora e uma das principais Passistas do Rio da famosa escola de samba Salgueiro. Ela repassou todas as suas experiências no samba aos convidados do evento.

Alysson Bruno – Músico brasileiro criado no candomblé da religião Ketú. Também é percursionista, regente e arranjador que mostrou toda sua competência no evento.

Mayara Santos – dançarina profissional, treinadora de samba, modelo e empreendedora de São Paulo. É especialista em Afro, Samba de Mulata, Samba de Gafieira, Jazz de Rua e Hip Hop e ministrou aulas de dança no evento.

Kahlil Cummings – aclamado baterista, excepcional intérprete, compositor e educador nascido em Los Angeles que levou sua história de sucesso para o evento.

Dill Costa – Atriz carioca, cantora e dançarina que espalha a cultura brasileira pelo mundo. É bacharel em Educação Física com estudos complementares em Dança Folclórica, Jazz e Dança Afro-Brasileira.

Tereza Azevedo – Bailarina, coreógrafa e professora de dança nascida no Rio de Janeiro e que atualmente vive na França. Ministrou aulas de dança no evento.

Thai Rodrigues, dançarina e passista que repassou toda sua experiência de carreira no evento

Carlinhos Pandeiro de Ouro – percussionista lendário brasileiro mais conhecido por tocar o pandeiro, um pandeiro sintonizável, tocado com uma técnica diferente da música norte-americana, e é um dos principais proponentes do instrumento.

Thai Rodrigues – Artista e dançarina do show Ginga Tropical no Rio.  Instrutora de alto nível de samba no pé. Ex-passista da Império Serrano e atual passista da Portela. Uma grande “aquisição” do time de instrutores do Samba Congress que repassou um pouco de sua longa experiência no evento.  .

Rachel Hernandez – especialista em dança afro-brasileira, moderna e balé que começou sua carreira artística na Bahia. Desenvolveu suas exclusivas aulas de dança afro-brasileiras, ministradas no Condado de LA, e que levou para o evento deste ano.

Melissa Corpus – dançarina, professora e coreógrafa do Texas. Ela ensina “Samba no pé” desde 2010, com foco em footwork, técnica e alegria do espírito brasileiro.

Marluci Azevedo – Nasceu no Rio de Janeiro, ela é psicóloga com especialização em pós-graduação em neuropsicologia, instrutora do Samba no Pé, aluna de dança terapêutica e diretora de um grupo de dança.

Nilce Fran – Dançarina, sambista e coordenadora de passistas, ela compartilhou sua paixão e conhecimento sobre o samba a todos os convidados no evento.

Lorin Hansen – Performer, instrutora, bacharel em dança e estudante vitalícia de samba e dança afro-brasileira. Ela crê no poder da dança para ensinar autocapacitação, promover saúde e condicionamento físico.

Janete Silva – bailarina, coreógrafa, performer e educadora baiana. Forneceu um olhar magistral sobre a arte da dança brasileira aos convidados do evento.

Amen Santo – Nascido na Bahia, “Mestre Amen” esta  radicado em Los Angeles ha mais de 30 anos e é o diretor fundador do grupo Capoeira Batuque. Percussionista e coreografo reconhecido internacionalmente.

Assim como nos anos anteriores, o evento foi um sucesso e a organização está de parabéns.

 

Facebook Comments