Por Lindenberg Junior

Filas no Supermercado Costco. Foto: Associated Press

Pelo menos quatro funcionários de quatro supermercados no Sul da Califórnia testaram positivo para a covid-19 na última semana de março e os proprietários relataram que tomariam medidas para proteger seus demais funcionários e clientes. As ações variam de limpeza profunda, exames secretos para atestar se foram infectados pelo coronavírus e desligamento temporário de empregados.

No Costco, da Washington Blvd, na Marina Del Dey os funcionários foram informados no dia 28 de março que um funcionário que trabalha nos Serviços de Demonstração, ajudando a comercializar vários produtos, testou positivo. Três funcionários da Sprouts também, incluindo um em Tustin, no El Camino Real, perto da Jamboree Road (outros dois estão em Houston e Colorado).

O Gelsons, localizado na Sunset Blvd, em Pacific Palisades, informou que um funcionário que trabalhou pela última vez no dia 22 de março apresentou um resultado positivo e agora está se recuperando em casa isolado. Esse supermercado foi fechado temporariamente para passar por uma limpeza e higienização extensiva.

O supermercado Vallarta – de grande presença na comunidade hispânica – localizado na Topanga Canyon Blvd, em Canoga Park, também reportou, na sexta-feira, 27 de março, que um funcionário testou positivo para a covid-19 e colegas de trabalho que estavam em estreito contato com ele estão agora em quarentena obrigatória por 14 dias.

Casos  como esses são importantes para termos a consciência que precisamos seguir certas regras quando formos comprar o que pode se chamar de “produtos essenciais”. O pânico das compras, de pessoas fazendo estoque de comida, por exemplo, tem ajudado na propagação do coronavírus ao invés combatê-lo. Comprar comida para a sua dispensa durante o período de pandemia provavelmente te dá a sensação de proteger sua família durante a quarentena, no entanto, especialistas dizem que um grande número de pessoas em locais como supermercados, junto com a demanda exagerada por produtos, são o cenário perfeito para que o vírus se espalhe com mais facilidade e rapidez.

De acordo com especialistas em infectologia, a principal característica e força da Covid-19 é justamente a capacidade de contágio e de ser assintomática em muitos casos, ou seja, as pessoas podem ter o vírus e não mostrar sintomas. Portanto, como o vírus é quase um fantasma em nosso organismo em seu estágio inicial, e há pessoas que o têm e não desenvolvem sintomas agudos como outros, uma pessoa aparentemente saudável pode tê-lo e infectar outro da maneira mais simples, especialmente a distâncias muito curtas de contato.

Prateleiras quase vazias. Foto: KMEX

É preciso que os supermercados tomem medidas urgentes que protejam seus funcionários e  também seus clientes. Fui a um mercado latino (irei preservar o nome do estabelecimento) aqui em Los Angeles no dia 21 de março e constatei que os funcionários não estavam com luvas ou máscaras, e inclusive não havia nenhuma orientação sobre manter a distância para a própria segurança.

Por outro lado, as autoridades da Califórnia (como o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti), relatam que não há necessidade de acumular grandes quantidades de produtos porque estamos dando aos especuladores oportunidades de se aproveitar da situação  inflando os preços devido à alta demanda.

Facebook Comments