Por Laís Oliveira

Newsletter SeptO mundo está vivenciando uma pandemia devido a uma doença recém-descoberta, a COVID-19, resultado de um vírus que surgiu no oriente e se espalhou por todos os continentes, o coronavírus. Milhares de mortes já foram registradas e outras centenas de milhares de pessoas seguem infectadas, mas com sintomas leves ou assintomáticas. Como medida preventiva, em diversos países, o decreto foi de quarentena. A ordem é que as pessoas permaneçam em suas casas para evitar que haja disseminação aguda e mais casos.

Para quem nunca imaginou que essa situação pudesse acontecer alguma vez, chegou o fatídico momento: é hora de parar, de desacelerar, de respirar fundo. Todos têm uma escolha a fazer agora, se desesperar pela pandemia, se lamentar pela paralisação temporária da economia ou simplesmente aceitar aquilo que não se pode mudar e obedecer todas as regras de segurança e prevenção.

Diante desta crise, que tal aproveitar o momento para olhar para dentro de si, cuidar do seu emocional e evoluir intimamente? Você pode fazer isso de várias formas, estudando, dando mais valor à família, demonstrando amor, brincando com seus filhos, colocando em prática aquela leitura parada, dando atenção a seus animais de estimação, em resumo, fazendo tudo o que não tem tempo devido à correria diária e uma vida sempre cheia de obrigações e pontualidades.

O momento não é de pessimismo, mas sim de focar e ser positivo. Quem foca, expande sua mente e vive melhor. Ao invés de se desesperar, foque no que pode ser bom, observe que tudo que acontece tem um lado positivo, abra os olhos e sobretudo o coração para enxergar todas as lições e aprendizados que o momento oferece. Não espalhe negatividade, não aumente o caos, ajude as pessoas a se manterem sãs e otimistas, assim todos saem ganhando.

Ter cautela é essencial. Após a pandemia passar, a calmaria tomará lugar, por isso é importante estar em equilíbrio e harmonia por você e por todos. Agora cuidamos da nossa individualidade e nos recolhemos para que o coletivo saia ganhando. Usar o otimismo nas suas relações pode ajudar a manter um ambiente harmonioso à sua volta, independentemente da situação que esteja vivendo.

Especialistas do departamento de psicologia da Universidade de Harvard afirmam que, ao enxergar as pessoas como suas aliadas, e não como inimigas, os relacionamentos de qualquer natureza fluem com mais desenvoltura. Isso porque o otimismo e o “pensar positivo” dão a sensação de sermos mais fortes nas dificuldades e dá à outra pessoa a sensação de que ela está recebendo mais apoio. Assim, os conflitos acabam sendo resolvidos de um modo construtivo e todos saem ganhando, superando dificuldades com mais facilidade.

Então que superemos este momento de pandemia da forma mais tranquila possível. Façamos o que é certo e o que tem que ser feito: isolamento e higiene pessoal. Que também sejamos gratos, pois há muitas pessoas ao redor do mundo que estão longe de casa e fariam de tudo para estar no seu lugar, ao lado da família ou de pessoas importantes. Com dinheiro ou sem dinheiro, com emprego ou sem emprego, esse é o melhor lugar que você poderia estar nesses momentos difíceis. Se nos movimentarmos na direção do bem comum, essa crise vai passar mais rapidamente e com menos pessoas afetadas. Que pensemos no outro, mas não somente hoje, sempre.

Facebook Comments