Em anúncio oficial na segunda-feira (20), a Casa Branca afirmou que os Estados Unidos vão permitir a entrada de turistas do Brasil e de países como China, Índia e Reino Unido desde que estejam totalmente vacinados contra a covid-19. A nova flexibilização valerá a partir de novembro.

Com a nova medida, o governo norte-americano vai acabar com a maioria das restrições à entrada de viajantes de países que atualmente fazem parte da lista de proibidos pelos EUA – lista essa criada no início de 2020.

A partir de novembro, além do comprovante de vacinação, os estrangeiros precisarão apresentar teste negativo de covid-19 feito até três dias antes do embarque. É válido lembrar que o comunicado oficial da Casa Branca não deixou claro se haverá restrição a algum tipo específico de vacina.

Haverá algumas exceções à obrigatoriedade da vacina para entrar nos EUA, disseram as autoridades, incluindo para crianças que ainda não são elegíveis para vacinação. Pelas regras que atualmente estão valendo, estrangeiros oriundos do Brasil e locais como China, Índia, África do Sul, Irã, Reino Unido e Irlanda precisam fazer quarentena de 14 dias em países sem restrições antes de entrarem em território americano.

Ainda em novembro, está previsto que as fronteiras sejam abertas também para visitantes totalmente vacinados do Canadá e do México.

Facebook Comments