LA Pride Parade 2018 (Foto: Chris Tuite)

O mundialmente conhecido Pride Parade em Los Angeles vai voltar com tudo em 2022 após dois anos de pausa devido à pandemia de coronavírus. O evento em apoio à comunidade LGBTQIA+ vai acontecer nos dias 11 de Junho (LA Pride in the Park) e 12 de junho  (52nd Annual LA Pride Parade) no Los Angeles State Historic Park.

O primeiro L.A Pride Parade aconteceu em um domingo, dia 28 de junho de 1970, com aproximadamente 1.000 pessoas presentes, e originalmente era uma marcha de protesto exigindo os direitos dos homossexuais.

Desde seus primórdios, o desfile tem atraído cada vez mais participantes, chegando a mais de 400.000 pessoas em algumas edições e com expectativas de atrair mais de 500,000 em 2022 – tanto da comunidade LGBTQIA+ quanto heterossexuais e cisgênero em apoio à diversidade e ao respeito a todas as orientações sexuais e identidades de gênero.

Este ano, o TikTok será o grande patrocinador do LA Pride Parade e artistas do mundo pop participarão do evento, dentre eles Christina Aguilera, Anitta, Syd, Michaela Jaé e Rebeca Preto. Como parte do patrocínio deste ano, o TikTok vai estrear um carro alegórico durante o desfile (parade) e apresentar a programação ao vivo nos bastidores do evento no dia 11 de junho.

O LA Pride in the Park acontecerá no dia 11 de junho no LA State Historic Park. Os ingressos começam em $ 45 por pessoa e $ 200 para VIP, e estão disponíveis para compra em laprideinthepark.org. Já o LA Pride Parade official acontece no dia 12, domingo, e este ano contará com mais de 130 carros alegóricos e a participação de várias celebridades, entre os quais:

Marco Indelicato, conhecido por interpretar Justin Suarez, um amante da moda e dos musicais  na série de sucesso “Ugly Betty” (Bete La Feia) e que atualmente estrela a série “Hacks” do HBOMax e vencedora do Emmy; e Paula Abdul, a lendária artista e cantora que já ganhou Grammy e Emmy.

Este ano, o desfile do LA Pride segue uma rota em forma de retângulo entre a Hollywood Blvd/Sunset Blvd (No sentido Norte a Sul) e a Highland Ave/Cahuenga Blvd (no sentido Leste a Oeste). O evento será transmitido ao vivo pela rede ABC, canal 7 a partir das 10.30am.

É válido lembrar que o estacionamento no local é extremamente limitado, por isso é importante chegar cedo ou usar aplicativos de viagem ou mesmo a Linha L do Metrô (Gold) da Union Station em uma parada até Chinatown. Para maiores informações, visite o site oficial do LA Pride Parade.

Historicamente falando, Los Angeles e Nova York foram pioneiros nos desfiles do orgulho LGBTQIA+ no mundo visto que inauguraram os eventos. No dia 28 de junho de 1970, o primeiro desfile do Orgulho LGBTQIA+ – ou marcha de libertação homossexual, como era chamada na época – aconteceu em Nova York e ao mesmo tempo em Los Angeles e iniciaram, assim, o movimento importantíssimo de representatividade para essa comunidade.

A cidade de West Hollywood, reduto gay tanto como área residencial como de diversão, tem também sua parada gay e shows, geralmente uma semana antes do L.A Pride, e os eventos não devem ser confundidos já que são duas iniciativas distintas, mas com o mesmo propósito.

Em termos numéricos, a Parada do orgulho LGBT de São Paulo é considerada a maior da comunidade do mundo pelo Guinness World Records. Em 2011, por exemplo, a parada bateu o recorde de 4 milhões de pessoas na Avenida Paulista, um número populacional enorme, superando mais de 50% da população paulistana.

Facebook Comments