Por Lindenberg Junior

O calor excessivo tem derretido fácil e rapido qualquer sorvete.

O calor excessivo tem derretido fácil e rapido qualquer sorvete.

O fim de semana prolongado do Labor Day (Dia do Trabalho nos EUA) em 2022 no Sul da Califórnia está sendo um dos mais calorosos da história com o termômetro registrando 92 graus farenheith em várias partes da orla de Los Angeles como em Venice Beach. O Serviço Nacional de Meteorologia emitiu alertas e avisos de calor excessivo em vários condados para esse respectivo fim de semana entre os dias 2 e 5 de setembro.

O “Heat Dome”, um fenômeno que normalmente traz condições de “fritar ovos” (o asfalto tem chegado a 145F graus) quando o verão chega ao fim, deve durar pelo menos oito dias, ou seja, até a sexta do dia 9 de setembro. Pelo menos esses são os prognósticos. Com certeza mesmo e já fato consumado e’ que essa onda de calor na época do feriadão americano, pelo menos do Sul da Califórnia, está sendo o mais longo e mais quente de décadas. E como se pode esperar ou sem surpresa, as mudanças climáticas estão contribuindo para essa onda de calor mais extremos.

Aqui do meu apartamento que está a 4 milhas da praia de Venice, geralmente eu não uso o ar-condicionado que estão nos quartos ou pelo menos não uso, em média, 360 dias no ano. Eu não tenho ar-condicionado na sala e tenho uma varanda e grandes janelas nos quartos que de costume deixo abertas para entrar a luz do sol. No entanto, durante esses dias eu tenho fechado as cortinas para evitar o apartamento ficar mais quente, e tenho, à noite, ido assistir TV ou mesmo trabalhar em meu laptop no quarto.

Como eu, muitos residentes da Califórnia estão sentindo o calor intenso, incluindo na região central e litorânea do estado como no condado de San Luis Obispo. Na cidade de Modesto, por exemplo, a temperatura chegou aos 109 graus farenheith. Já no Vale Central, sem ser na parte mais costeira, como no condado de Kern, as temperaturas diárias durante esses dias chegaram aos 105 graus farenheith.

Vista dos canais de Venice Beach em L.A.

Para os alunos, os dias prévios do fim de semana e os que seguem ao Labor Day weekend moldaram a vida escolar ou devem ser um pouco diferentes da rotina normal. As escolas estão se reinventando e os pais estão exigindo mais sombra para seus filhos durante atividades ao ar livre. Em San Diego, por exemplo, pais de alunos de uma escola de ensino médio se mobilizaram para colocar sistemas de ar condicionado funcionando em todas as salas de aula.

O calor extremo também ajudou com os incêndios florestais. O Route Fire perto de Castaic ao norte de Los Angeles por exemplo, queimou mais de 5.200 acres até a sexta do dia 2 de setembro. O incêndio forçou evacuações e pelo menos sete bombeiros foram hospitalizados após sofrerem lesões por exaustão pelo calor. Em um movimento raro, as autoridades retiraram os bombeiros da linha de frente para reduzir os riscos que enfrentavam quando as temperaturas chegaram a 110F graus.

Lembre-se de tomar bastante agua durante esses dias, de evitar está exposto aos raios ultravioleta em horas durante o meio do dia, principalmente, e se tiverem crianças e animais de estimação, saiba usar ainda mais as táticas de segurança contra o calor excessivo. E se você puder, lembre-se também dos mais vulneráveis, como familiares e vizinhos de idade avançada. Por fim, e apenas como curiosidade, o Death Valley (Vale da Morte) na Califórnia é considerado ter registrado a temperatura mais quente da Terra, alcançando os 134F no dia 10 de Julho de 1913.

Facebook Comments