No dia 08 de junho de 2020, a paranaense e eterna “Gabriela” e “Tieta do Agreste”, Sonia Braga, comemorou 70 anos de idade. Na ocasião, a atriz surpreendeu seus seguidores ao surgir completamente natural em uma postagem em suas redes sociais. Ela compartilhou uma foto onde posou sozinha, com os cabelos grisalhos soltos e cobrindo parte do rosto.

A artista, que interpretou papéis memoráveis na televisão e no cinema, é considerada uma das atrizes mais memoráveis de sua geração e ficou eternizada por protagonizar a primeira versão para a TV de “Gabriela”, em 1975, baseada no livro homônimo de Jorge Amado.

Nas novelas, também brilhou na pele de Júlia Matos em “Dancin’ Days” (1978), e se jogou na onda das discotecas. Na TV, atuou também em “Irmãos Coragem”, “Selva de Pedra”, “Vila Sésamo” e “Fogo Sobre Terra”. Entretanto, foi no cinema que construiu uma carreira que a deu visibilidade internacional e muitos prêmios.

Radicada nos Estados Unidos desde 1990, Braga foi reconhecida internacionalmente por seu papel em “O Beijo da Mulher Aranha” em 1985 de Hector Babenco. O filme se tornou um grande sucesso e a atriz coestrelou ao lado de William Hurt, que venceu o Oscar de melhor ator. A atriz continuou alcançando grandes conquistas nos Estados Unidos, em 1987, foi a primeira brasileira a apresentar uma categoria do Oscar ao lado do astro Michael Douglas.

As críticas e aplausos levaram Braga a trabalhar em outros grandes filmes com atores consagrados como Clint Eastwood e Charlie Sheen. Nos anos 2000, participou de diversas séries americanas como “Sex and the City”, “Law & Order”, “American Family”, entre outros. Além disso, Sonia segue participando de grandes produções brasileiras para o cinema, como “Aquarius” (2016) e “Bacurau” (2019), filhos de Kleber Mendonça Filho premiados pelo mundo.

Facebook Comments