A Flórida superou o recorde de Nova York em registro de número de casos de covid-19 em 24 horas. No sábado (11), a Walt Disney World, em Orlando, reabriu seus parques temáticos e aglomerou multidões, de máscara, que esperaram nas filas para os brinquedos. Após a reabertura, no domingo (12), a Flórida registrou aumento recorde de mais de 15 mil novos casos de covid-19 em apenas 24 horas.

O aumento diário espantoso de casos no estado já ultrapassou a contagem diária mais alta do qualquer país europeu durante o ápice da pandemia na região. Também quebrou o recorde do estado de Nova York, de 12.847 novos casos em 10 de abril, quando era o epicentro do surto nos EUA.

Os EUA, país mais afetado pelo coronavírus desde o início da pandemia, alcançou mais de 3,2 milhões de infecções, informou a universidade com sede em Baltimore no balanço atualizado no sábado à noite. No total, até segunda-feira (13), a Flórida havia registrado 282.435 casos e 4.277 mortes. Miami-Dade, que é o Condado mais populoso e centro da vida turística do sul dos Estados Unidos, teve 67.713 contágios e 1.143 mortos.

Já na Califórnia, os parques de diversões da Disney continuam fechados devido à pandemia, mas centenas de pessoas correram para o seu centro comercial, que abriu na última quinta-feira (9). Cerca de 25 lojas e restaurantes no Downtown Disney, que fica ao lado dos parques em Anaheim, nos arredores de Los Angeles, retomaram as operações depois de mais de quatro meses fechados.

A Califórnia, o estado mais populoso dos Estados Unidos, registra mais de 8.000 novos casos de covid-19 a cada dia e tem quase 290.000 infecções confirmadas até o momento. No país, o número de contágios confirmados supera três milhões, com 135.500 mortes. No mundo todo são 13 milhões de casos e quase 600 mil mortos, segundo a universidade americana Johns Hopkins.

Facebook Comments