Em todo o mundo, já são mais de 166 vacinas para o coronavírus atualmente. Dessas, pelo menos 30 estão em fase de testes clínicos, ou seja, conduzidos em seres humanos, mas apenas 6 estão na última fase de testes, a 3. Os dados são de um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizado no dia 10 de agosto.

Dessas, os países que chegaram à última etapa do desenvolvimento da vacina, a Fase 3, até agora são: Reino Unido, China, Estados Unidos e Alemanha. Confira abaixo quais são as vacinas nesta etapa:

Sinovac (China)
Instituto Biológico de Wuhan/Sinopharm (China)
Instituto Biológico de Pequim/Sinopharm (China)
Oxford/AstraZeneca (Reino Unido)
Moderna/NIAID (EUA)
BioNTech/Fosun Pharma/Pfizer (Alemanha e EUA)

O Reino Unido e a Rússia têm mais uma vacina cada em desenvolvimento, ambas na fase 1, assim como a China (4 outras candidatas), Alemanha (1 candidata na fase 1) e os EUA (2 outras vacinas e mais uma terceira em parceria com Taiwan).

Há também mais dois estudos feitos em cooperação internacional, com mais de um país responsável pela imunização, liderados pelo Instituto Internacional de Vacinas, na Coreia do Sul, e organizado pela ONU.

Em outros países há vacinas que já estão sendo testadas em humanos, mas nos estágios iniciais ainda. Como por exemplo, a Índia, com três candidatas nas fases 1 e 2; Japão, Singapura e Bélgica, com uma vacina cada entre as fases 1 e 2; e Austrália, cuja vacina acabou de entrar na fase 1.

No Brasil, outras duas das vacinas mais avançadas estão sendo testadas: a vacina inglesa da Universidade de Oxford e a chinesa Sinovac. A primeira é feita a partir de uma tecnologia conhecida como vetor viral recombinante. Ela é produzida a partir de uma versão enfraquecida de um adenovírus (que causa resfriado em chimpanzés).

Nesta quarta-feira (12), o governo do Paraná e a Rússia assinaram documento para colaboração no desenvolvimento da vacina Sputnik V contra o coronavírus (SARS-CoV-2). Segundo a assessoria do estado, com o memorando de entendimento, no futuro, poderão desenvolver em conjunto os testes de fase 3 para o imunizante contra a covid-19 e até mesmo produzi-lo no Brasil.

Facebook Comments